Setor sucroenergético prestigia entrega do prêmio canavieiro a ministro

Senador Fernando, Alexandre A Lima (pres Feplana), Plínio Nastari (Datagro) e o ministro FernandoFeplana conferiu ontem o título da Honra ao Mérito Canavieiro 2018 ao ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, pela criação do Renovabio. A entidade também homenageou o presidente da Datagro, Plínio Nastari

Brasília – Nesta terça-feira (20), as entidades agroindustriais nacionais e regionais brasileiras do setor sucroenergético se reuniram na cerimônia da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana) que conferiu ao ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, a honraria do Mérito Canavieiro 2018 pela criação do Programa Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), regulamentado pelo presidente Temer recentemente. A Feplana também aproveitou para homenagear o presidente da Datagro, Plínio Nastari por sua contribuição técnica na formulação do programa.

“O setor sucroenergético em peso veio prestigiar a nossa homenagem ao ministro Fernando. Acredito que porque todos aqui presentes, assim como nós que representamos os fornecedores de cana do Brasil, sabem da envergadura dos serviços prestados aos canaviais e usinas de etanol com a consolidação deste programa que reduzirá a emissão de CO² da atmosfera via o estímulo à produção e consumo maior do combustível renovável/limpo em detrimento do fóssil”, falou Alexandre Andrade Lima, presidente da Feplana, durante entrega da homenagem ao ministro, que estava acompanhado do pai, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

O setor estava representado por presidentes e diretores de dezenas de entidades, a exemplo de Elizabeth Farina e Eduardo Leão, da União da Indústria da Cana (Unica), e Renato Cunha, vice-presidente do Fórum  Nacional Sucroenergético – órgão que reúne todas usinas brasileiras. As entidades regionais e estaduais dos canavieiros marcaram participação forte, lideradas pela Organização dos Plantadores de Cana do Centro-Sul (Orplana) e pela União Nordestina dos Plantadores de Cana (Unica),  presididas respectivamente por Eduardo Romão e José Inácio, também presentes, além da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA), representada pelo novo presidente da CNA Nordeste Pio Guerra.

“Agradecemos a todos e desejamos boa sorte ao ministro que deixará o posto para reassumir sua vaga de deputado federal para poder disputar a reeleição este ano”, frisou Andrade Lima, estendendo o agradecimento ao Plínio da Datagro pela contribuição tornando o RenovaBio realidade. O dirigente ainda justificou a ausência de vários deputados na atividade por conta da votação ontem à noite na Comissão Especial da Câmara que analisa o projeto de privatização da Eletrobrás, Chesf e etc. Apesar disso, vários assessores participaram, como a do deputado candidato à Presidência do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL-RJ) e da deputada Teresa Cristina (DEM-MS), presidente da Frente Parlamentar do Agropecuária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


+ 2 = 5

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>