“É impossível ser um player global de açúcar sem ter presença no Brasil”, diz o CEO da Tereos no Brasil

No programa MOEDA FORTE desta semana, Carlos Sambrana, diretor de redação da ISTOÉ DINHEIRO, recebe Jacyr Costa Filho, CEO da Tereos no Brasil. O grupo francês é o segundo maior produtor de açúcar do mundo, com 5,3 milhões de toneladas por ano; produziu 1 bilhão de litros de etanol no ano passado, conta com 49 unidades industriais e 22 mil funcionários espalhados por quatro continentes. Não à toa, faturou 5 bilhões de euros em 2017. E a operação brasileira foi crucial para isso. “O País é estratégico para o grupo, representa cerca de 24% do faturamento global”, diz Costa Filho.
Neste primeiro bloco, o executivo conta que, no final da década de 1990, a Tereos resolveu dar um grande passo e investir no Brasil. “A Tereos foi o primeiro grupo estrangeiro a entrar no setor sucroenergético no País, através de uma joint-venture com o grupo Cosan”, afirma. De acordo com o executivo, a produção nacional foi ganhando cada vez mais relevância para o grupo e também para o setor. “Hoje, de cada duas toneladas de açúcar comercializados no mundo, uma vem do Brasil”, destaca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


2 + = 10

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>